17 de novembro de 2017

Educadores de Picuí e região participam do IV Congresso Nacional de Educação



Educadores de todo o país estão reunidos na cidade de João Pessoa que se tornou a capital nacional da educação entre os dias 15 e 18 de novembro por ocasião do IV Congresso Nacional de Educação (Conedu).
O evento é uma parceria interinstitucional da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e outras instituições, através de professores que desenvolvem estudos no campo educacional.
O Conedu tem como objetivo promover espaços de diálogos conduzindo a novas perspectivas sobre os desafios enfrentados pelos sujeitos da educação brasileira. Envolve diferentes áreas do conhecimento, sendo organizado em atividades que fomentam o debate sobre as temáticas envolvidas.
As regiões Seridó e Curimataú estão representadas com grande comitiva de estudantes e pesquisadores de várias instituições como Universidade Federal de Campina Grande (UFCG - Cuité), Instituto Federal da Paraíba (IFPB – Picuí) e professores das redes municipal, estadual e privada de ensino.
Durante o evento que acontece até o sábado (18) os educadores participam de minicursos, palestras, oficinas e apresentações culturais. A gestora da Escola Estadual Felipe Tiago Gomes, Micaela Santos, que apresentou o trabalho: “Lordão contando histórias, distribuindo alegrias” relatou que “ não poderia ter deixado as ações desse projeto guardado, tinha que compartilhar com outras pessoas essa vivência maravilhosa”. A professora Valéria Araújo compartilhou seu trabalho na disciplina de ciências (química) através de práticas experimentais na educação básica.
O IV Congresso Nacional de Educação é uma grande oportunidade para discutir a qualidade da educação no país e acontece até o próximo sábado.

15 de novembro de 2017

Coral São Sebastião de Picuí emociona público em João Pessoa.


O Coral São Sebastião da cidade de Picuí emocionou o público presente na Sala de Concertos Radegundis Feitosa, no Centro de Comunicação Turismo e Artes (CCTA), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em sua apresentação durante o Festival Paraibano de Coros (Fepac) que acontece na capital paraibana.

O Festival Paraibano de Coros (Fepac) teve início na última terça feira (14)  com uma programação que reúne 52 grupos representando os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe, além de um representante de Córdoba (Argentina). Entre os representantes da Paraíba estão os corais das cidades de João Pessoa, Picuí, Nova Floresta, Boa Vista e Sapé. O evento esta em sua décima quinta edição e vai até o dia 18 de novembro.
Nesta quarta feira (15) foi a vez da participação do Coral São Sebastião da Igreja Matriz de Picuí que realizou uma belíssima apresentação que rendeu longos aplausos e emocionou os picuienses presentes.   O Coral é regido pelo maestro José Carlos da Silva que promove a valorização da cultura picuiense através da música.
O repertório apresentou na abertura o Hino de São Sebastião que de forma nostálgica fez os picuienses presentes reviverem a festa de festa de Janeiro. Momento marcante foi a apresentação da canção/hino de Picuí que arrancou lágrimas de alguns presentes. Ainda foram apresentadas as canções Allelujah e Chuva de Prata.

Após a apresentação os componentes do coral se confraternizaram com picuienses presentes ao concerto com muitos abraços e a sensação que o cansaço de uma longa viagem de Picuí a João Pessoa pode fortalecer os laços culturais e afetivos de um povo bravo e fraterno que tem na cultura uma manifestação de amor a sua terra.
Acompanhe as algumas das apresentações. 

Apresentação Hino de São Sebastião:


Hino de Picuí:

Alleluhya:


12 de novembro de 2017

Escolas Cidadãs representam a Paraíba em Feira Internacional de Ciências


As Escolas Cidadãs de Picuí e Cuité representaram a rede estadual na 23ª Feira Internacional de Ciências que aconteceu entre os dias 09 e 11 de novembro na cidade de Recife, capital pernambucana. O evento é realizado anualmente e reúne trabalhos de todos os estados do Brasil, além do México, Paraguai, Chile e Colômbia. Ao todo, 270 projetos científicos de estudantes e 30 trabalhos de professores foram expostos no Shopping Paço Alfândega.
A Escola Estadual Orlando Venâncio dos Santos do município de Cuité, que faz parte do Programa Escola Cidadã Integral apresentou o projeto “A Iniciação Científica como proposta para o Ensino de Ciências da Natureza” defendido pelos estudantes Pedro Henrique e Marina Quezia com a orientação da professora Aline Lima. “O projeto iniciou com a proposta da eletiva na qual os alunos por meio de testes em laboratório produziram um inseticida natural utilizado na manutenção da horta escolar” afirmou a professora que irá submetê-lo ao Prêmio Mestres da Educação.
A Escola Estadual Professor Lordão do município de Picuí, Escola Cidadã Integrada, apresentou o projeto da eletiva de robótica: “O uso da Robótica Educacional no estudo de próteses para amputados” pelos estudantes Arthur Cândido e Alisson Santos e orientado pela professora Érika Suely.
A proposta pedagógica da Escola Cidadã Integral estimula o protagonismo e a iniciação cientifica através de projetos que surgem de problemas reais com o orientado pela professora Érika Suely que propõe o estudo da robótica a partir da necessidade de inclusão e cidadania.   “As contribuições da educação integral na vida de meu filho foram surpreendentes. Através dos projetos oferecidos pela escola se identificou com a robótica e o incentivo dos colegas e professores transformaram suas expectativas em pesquisa, estudo e prática” afirmou Fátima Cândido, professora da rede municipal de Picuí e mãe do jovem Arthur. “A escola não é um lugar que ele vai cumprir o horário. Não! A escola é um espaço que ele está buscando sua cidadania com uma participação efetiva” completa a mãe que ao ver o filho concluir o ensino fundamental na rede privada teve que escolher entre a rede federal e a estadual de ensino. 

Escola Estadual Professor Itan Pereira representa a rede estadual na etapa regional do Prêmio Gestão Escolar


A Gestora da Escola Estadual Professor Itan Pereira, Socorro Cordão, da cidade de Campina Grande, representou a rede estadual de ensino na etapa regional do Prêmio Gestão Escolar 2017 que aconteceu entre os dias 09 e 10 de novembro na cidade de Natal – RN. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação - Consed, em parceria com a Secretaria de Educação e da Cultura do Estado e Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, o evento reuniu os gestores premiados nas etapas estaduais da região Nordeste, para a escolha da Escola Referência Regional que vai para a final, no dia 4 de dezembro, em Bonito/MS.

Disputaram a vaga da região Nordeste a Escola Estadual Pedro Joaquim de Jesus (Antônio Vilela/AL), o Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Meio Ambiente (Brumado/BA), a Escola Estadual Edson Queiroz (Cascavel/CE), o Colégio Frei Germano de Cedrate (Trizidela do Vale/MA), a Escola Dario Gomes de Lima (Flores/PE), a Escola Monsenhor Raimundo Nonato Melo (Teresina/PI), a Escola Municipal Professora Trindade Campelo (Currais Novos/RN) e o Colégio Estadual Doutor Milton Dortas (Simão Dias/SE).
Na ocasião o Secretário de Estado da Educação da Paraíba, Aléssio Trindade, prestigiou a entrevista da diretora em defesa do projeto de gestão da Escola Estadual Professor Itan Pereira acompanhado pelos coordenadores estaduais: Robson Rubenilson como representante da SEE/PB e Consed e Silvana Leal, representante da Undime.
Durante o evento os gestores das escolas selecionadas na região Nordeste tiveram a oportunidade de compartilhar suas experiências através de um intercâmbio de boas práticas em gestão escolar com a imersão na cultura regional com apresentações culturais e visitas culturais.
Localizada no bairro Bodocongó, em Campina Grande, a Escola Estadual Professor Itan Pereira integra a 3ª Gerência Regional de Educação (GRE).  A escola possui 81 funcionários, sendo dois diretores, um coordenador pedagógico, 51 professores e 27 técnicos-administrativos, entre os quais estão as equipes de apoio e de secretaria. A instituição de ensino atua nos três turnos e atende a 1.149 alunos, distribuídos nas modalidades de Ensino Regular e de EJA (Educação de Jovens e Adultos).
A escola se destacou no Prêmio Gestão Escolar com o trabalho em equipe e pela disciplina dos alunos, professores e funcionários com o objetivo de aperfeiçoar o processo de ensino e aprendizagem com ações voltadas para leitura, escrita e letramento matemático em parcerias com as Universidades públicas (UEPB e UFCG), além de outros projetos e programas desenvolvidos como “Novo Mais Educação”, “Mente Inovadora”, “Liga pela Paz” e “Jovem Leitor”, que fazem parte da missão de uma escola viva e atuante.
O Prêmio Gestão Escolar tem como objetivo reconhecer boas práticas, incentivar o aprimoramento dos processos de gestão e promover ações que possibilitem a troca de experiências entre gestores, multiplicando boas estratégias.



Parceria entre Escola Cidadã e Organização Social representará a Paraíba no Prêmio Itaú- Unicef


A parceria entre a Escola Estadual Professor Lordão e a Organização Social Trilhas na Caatinga, ambas da cidade de Picuí, representará a Paraíba durante a cerimônia do Prêmio Itaú-Unicef que acontecerá neste dia 13 de novembro na cidade de Recife, capital pernambucana.  A unidade de ensino, única classificada na Rede Estadual, estará representando a Paraíba graças às ações desenvolvidas desde 2014 em parceria com a Associação Trilhas na Caatinga, que atua na área de educação, cultura e sustentabilidade de forma voluntária na região. A iniciativa da escola, que oferece educação em tempo integral, foi selecionada como uma das melhores ações parceiras do Nordeste.
A parceria faz parte da proposta curricular do projeto de Escola Cidadã que oferece aos estudantes, através dos componentes eletivos projetos de iniciação científica, a exemplo do projeto Arqueologia: um passado ameaçado; Ações de intervenção social como acontecem durante a Semana do Bioma Caatinga  e Semana de Arqueologia; Ações de valorização da história e cultura local; Além de ações de sustentabilidade com trilhas ecológicas e campanhas informativas.
O Prêmio Itaú-Unicef realiza em 2017 sua 12ª edição, cujo mote é Educação Integral: Parcerias em construção. Nesse sentido, o objetivo da edição é identificar, reconhecer, dar visibilidade e estimular parcerias entre organizações da sociedade civil (OSCs) e escolas públicas, visando contribuir para o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros. Essas parcerias, de acordo com o Prêmio, devem ser concebidas, planejadas e executadas por ambas as instituições e destinadas a crianças, adolescentes e/ou jovens entre 6 e 18 anos em condições de vulnerabilidade social.
O valor da premiação para as parcerias finalistas – selecionadas após a análise que se segue ao processo de inscrição, distribuição por oito regionais e avaliação – é de R$ 10 mil para cada organização da sociedade civil (OSC) e escola pública responsável. Das parcerias finalistas, 32 serão premiadas na fase seguinte, quatro por regional de acordo com cada porte reconhecido pelo Prêmio: micro, pequeno, médio e grande. Nessa fase, são distribuídos outros R$ 20 mil para cada OSC e cada escola das parcerias premiadas regionais.
Fonte: Ascom/PB e Itaú-Unicef. 

27 de dezembro de 2016

Senhora de 87 anos procura familiares em Picuí e sonha em conhecer a terra natal.


A senhora Luzia Maria da Silva tem 87 anos e um sonho que parece simples, mas se mostra desafiador: conhecer a terra natal, a cidade de Picuí, interior da Paraíba.
Dona Luzia dançadeira como é conhecida hoje na cidade São Bento do Una, Pernambuco, tem uma vida intensa através da música e dança que pratica semanalmente no centro de idosos da cidade.
Dona Luzia Maria da Silva nasceu em 1929 no município de Picuí e é filha de Olegário Dias da Silva e Josefa Maria da Silva, mas devido ao falecimento de sua mãe foi doada a família de Maria Madalena da Silva e João Minino aos 9 meses de idade. Com pouco tempo sua mãe adotiva (Maria Madalena da Silva) faleceu e dona Luzia foi viver com Toinha (Maria Antônia da Silva) e Moisés Domingos da Silva, este trabalhava na exploração da cal e pedras de granito. Seu Moises Domingos Viveu em Picuí e teve três filhos Elizabeth, Valdemar e Nivaldo.

Devido as dificuldades da época a família deixou a comunidade de Canoa de Dentro (Picuí-PB) e passou a viver em algumas cidades da Paraíba em busca de trabalho com “as pedras”. Algumas das cidades que dona Luzia lembra: Remígio, Algodão de Jandaira, Esperança, Pixinanã, Campina Grande e região do Cariri.
A história de dona Luzia busca um reencontro com seu passado a partir da força das redes sociais e solidariedade dos amigos que compartilham o sonho desta senhora que hoje tem na dança a alegria da vida e nas latinhas de refrigerante que cata a esperança de um dia visitar a terra que nasceu.
Aos que querem ajudar, procurem em sua comunidade alguém com o nome de Olegário Dias da silva (Pai) ou algum de seus familiares e entrem em contato através do número de celular: (81) 99254-4515.


Assista ao vídeo e tenha mais detalhes, aqui

17 de outubro de 2016

Turma concluinte do IDES/CCDES conquista 1º lugar no Brasil




A turma concluinte do ensino médio do IDES Colégio e Curso conquista o primeiro lugar no XV Concurso do Departamento Nacional de Trânsito – Denatran. O Prêmio Denatran Educação para o Trânsito faz parte das ações realizadas pelo Ministério das Cidades/DENATRAN, cujo intuito é contribuir com a Década Mundial de ações para Segurança no Trânsito.
Os alunos foram desafiados a desenvolver uma esquete teatral na qual apresentassem como os motociclistas devem se portar no trânsito. Orientados pelos professores Robson Rubenilson, Joagny Augusto, Vitamar, Ciderley e Jandy Macedo os estudantes mobilizaram a escola envolvendo alunos, funcionários, professores e a comunidade de Picuí na gravação de um curta metragem alertando sobre os perigos e as devidas orientações sobre os itens de segurança que os motociclistas devem respeitar.
Adicionar legenda
O trabalho inscrito em nome da aluna Raissa Vanessa, que representou a turma LIS, foi selecionado na categoria ensino médio em 1º lugar. O trabalho contou com a parceria de várias personalidades de Picuí a exemplo de seu Narciso da autoescola Nossa Senhora Aparecida, Inácio Junior, seu Joaquim Vidal, Dona Lurdinha Araújo, Emisson Araújo, Motociclistas e Mototaxistas de Picuí.
O Ides Colégio e Curso vem à publico parabenizar seus alunos pela conquista que eleva mais uma vez o nome da escola e Picuí no cenário Nacional. 

Confira o vídeo vencedor:



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...