3 de julho de 2015

Alunos do projeto de arqueologia realizam estudo de campo no sítio arqueológico Pedra da Tubiba


     
      Nesta sexta (03) os alunos do Projeto " Arqueologia: Um passado ameaçado" realizaram estudo de campo na zona rural do município de Picuí com objetivo de identificar as ameaças ao Sítio Arqueológico Pedra da Tubiba. 
      O projeto faz parte do Programa Ensino Médio Inovador - ProEMI da Escola Estadual Professor Lordão, é composto por 34 alunos de diferentes turmas e coordenado pelo professor Robson Rubenilson. Os estudantes se reúnem todas as sextas para estudos, pesquisas de campo, análise de dados, debates e seminários. A Pedra da Tubiba foi o terceiro sítio analisado pelo projeto em 2015.

      A aula visava identificar as ameaças presentes no sitio analisado, objeto de pesquisa das alunas da 1ª série Tatiane Dias, Eduarda Dantas, Raquel Lira, Isadora Santos e Thaynan Araújo. Além das ameaças, os alunos ainda realizaram o levantamento da fauna e flora do local, bem como as atividades econômicas da região. Em conversa com moradores da comunidade, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer a dificuldade dos trabalhadores do campo mediante a estiagem que assola a região.

     
Os resultados da pesquisa, bem como a caracterização do sítio serão apresentados pela em pôster em agosto durante a Feira de Ciências do Lordão como exigência do macrocampo de Iniciação Científica e Pesquisa - ICP do ProEMI. Para a aluna Tatiane Dias o que mais lhe impressionou foi a dimensão do matacão “pois não pensava que era tão grande, e que as inscrições estariam tão desgastadas”, disse. Já para o estudante da 3ª série Edmundo Rodrigo o que destacou foi “A desvalorização ou o desconhecimento sobre a pedra”





LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...