21 de janeiro de 2011

ProUni inscreve até terça



O ProUni (Programa Universidade para Todos) abriu as inscrições nesta sexta-feira (21). Estudantes de todo o país podem concorrer a mais de 123,1 mil bolsas de estudos, sendo 80,5 mil delas integrais, e 42,6 mil, parciais.

O prazo para cadastro no programa vai até o dia 25, com duas chamadas em sequência - quem não for selecionado na primeira lista continua tendo chances de ser convocado.

Como é

Os benefícios valem para 25%, 50% ou 100% da mensalidade em universidades, faculdades, centros universitários e outras instituições de ensino particular vinculadas ao programa.

Para aderir ao ProUni, é obrigatório informar o número de inscrição no Enem e o CPF (Cadastro de Pessoa Física). O sistema lembra bastante o site do Sisu, que serve para vagas disputadas em universidades federais.

Quem pode participar

Para concorrer é obrigatório não ter estudado no ensino superior. Os estudantes também precisam ter participado do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e obtido nota mínima de 400 nas cinco áreas da prova - ciências da natureza, ciências humanas, linguagens, matemática e em redação.

O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter renda de até R$ 810 (um salário e meio) por pessoa da família. Já o desconto parcial, de 50% ou 25% da mensalidade, aceita estudantes com renda familiar de até R$ 1.620 (três salários mínimos).

Apenas candidatos que tiverem completado o ensino médio em escola pública podem disputar o programa. As exceções são os que estudaram em colégio particular com bolsa integral e os que fizeram uma parte em escola pública e outra parte como bolsistas.

Como são dadas as bolsas

A seleção é feita de acordo com a pontuação no Enem. Quanto maior a nota, mais chances de obter o benefício. A escolha também se baseia nos cursos em disputa.

Os estudantes contemplados com as bolsas receberão um aviso após o dia 25. Eles devem entregar os documentos que comprovem a renda e os dados da inscrição na universidade escolhida. Quem decide a documentação para a matrícula é a instituição de ensino, e não o ministério.

A faculdade ainda pode realizar um processo seletivo próprio, desde que avise com antecedência os candidatos. Os candidatos podem escolher três opções de instituições de ensino, cursos ou turnos.

É possível disputar vaga tanto em cursos de graduação quanto nos chamados sequenciais - com duração menor, de dois ou três anos.

Uma segunda rodada de inscrições vai ser realizada entre os dias 21 e 24 de fevereiro, também com duas listas de espera. Mais informações podem ser obtidas no site do ProUni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...